Amigos

domingo, 20 de abril de 2014

AMORES NÃO SE VÃO

Os amores não se vão
Ficam no tempo pousados
Em outros rumos
Outros destinos
Mas não perecem
na sua essência
e permanecem
adormecidos
pelos desvãos
da memória.
O amor primeiro
que se revela em plenitude
à própria  alma...
Abre-se em flor
perfuma um tempo
como feitiço de outro plano
de realidade...
E de repente,
fecha-se em lótus
dentro do  peito
e adormece.
Mas, não se vai,
fica pra sempre
como encantado...
........................................
Outros amores
De outros jeitos
Amor de amigo,
de camarada.
Amor de mãe para seu filho,
amor de filho para seu pai.
Amor de irmão,
de namorado...
Se verdadeiros
se multiplicam
e se dividem
em outros tantos...
São como  flores
e vão vicejando
pelos caminhos...
.....................................
Se na vivência  da alegria
ou na saudade
de um outro tempo
Se permanecem
com lindas cores
ou permanecem
como sementes
Latente força do amor
persiste...
na esperança de
um novo tempo,
pois que na alma
o Amor resiste.

Guaraciaba Perides


Caetano Veloso em magnifica interpretação no filme de Almodóvar   "Fale com Ela"



Que os amores permaneçam além do tempo e além das línguas e dos variados jeitos.


16 comentários:

  1. Que a alegria da Páscoa invada o
    eu coração e o daqueles a quem ama,
    irradiando luz para iluminar e fazer
    brilhar o mundo em que vivemos,
    enchendo-o de amor, saúde e paz.
    Espero que fique em nossos corações,
    para sempre, as marcas da nossa.
    Amizade.
    Um beijo carinhoso ,
    Evanir..

    ResponderExcluir
  2. Oi,Evanir...Uma Santa Páscoa de Amor e Paz com Cristo no coração e muita luz no seu caminho.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Olá Guaraciaba,
    Tudo passa, mas o amor permanece !!
    Gostei de ler seu poema belo e inspirador.
    Sua sensibilidade me encanta, amiga!
    Tenha uma Páscoa alegre e feliz!
    Meu abraço com carinho a você.

    ResponderExcluir
  4. Oi,I Ilca, obrigada! O amor é essência que não se desfaz...é o único bem durável. Um a santa Páscoa regida pelo dom do amor.Paz, saúde , amor!

    ResponderExcluir
  5. Que os amores permaneçam nos corações e nas almas de quem tão lindos versos sabe escrever, querida Guaraciaba!
    A sua poesia me fez sonhar... e isso ... é quase amor também...
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dulce...você entende de amor e de poesia e sabe o quanto o amor realmente permanece e não se vai e às vezes simplesmente adormece.
      Um abraço

      Excluir

  6. Ha sido un placer visitar tu bloc, te invito a visitar el mío, i el nuevo post sobre la Pascua y sus dulces que te encantaran.
    Espero que nos volvamos a ver y si no eres seguidora me encantaría que lo fueras, te espero en mi bloc elracodeldetall.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Julia...é sempre um prazer fazer novos amigos.Vou visitá-la e com certeza acompanharei o seu blog.
      Um abraço

      Excluir
  7. Guaraciaba, há amores e amores e quando verdadeiros, certamente, perduram após a morte.
    Muito bonito é o seu poema.
    Beijo, paz e luz!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Shirley, obrigada. Penso assim, quando não se trata de apenas um encantamento mas um sentimento real
    ele ultrapassa as barreira e fica para sempre em nossa alma.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  9. Algumas vezes exigimos demais da vida.
    De nós mesmos.
    Sentimos dificuldade para entender que a vida
    é muito mais simples do que pensamos.
    Que apenas um gesto de amizade,
    um sorriso, uma palavra de esperança,
    é o suficiente para sermos felizes.
    Eu amo sua amizade a suavidade a ternura que
    que sinto vir do seu coração.
    Deus abençoe sua vida hoje e sempre.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  10. Obrigada, Evanir...sempre faço votos que você encontre a alegria ,o amor e a paz em seu coração.Deus lhe abençoe. Um abraço

    ResponderExcluir
  11. oi Guaraciaba os teus poemas tem esta capacidade de colocar em ordem o coração da gente. Parece fácil mas é tão tão difícil definir o amor. E as tuas palavras conseguem esta façanha com tanta clareza nesta sua linha poética, sem melodramas... São palavras reais de quem conhece e de quem vive o amor e também o viveu em plenitude.
    Muito bonito.
    "Se na vivência da alegria
    ou na saudade
    de um outro tempo
    Se permanecem
    com lindas cores
    ou permanecem
    como sementes
    Latente força do amor
    persiste..."
    perfeito!!
    Parabéns.! Me encantou.
    bjs.

    '

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lourdinha...durante a nossa vida nós vamos experimentando as diversas formas de se amar o quanto elas compõe a nossa história...depois o tempo vai passando ,os mais velhos se vão, os mais novos crescem,aparecem novos personagens, a vida continua ,mas nada em termos de amor se perde, porque fica gravada na experiência de nossas almas. quanto mais crescemos em idade, isto vai ficando mais nítido e de repente a gente percebe que somente o amor permanece.

      Excluir
  12. O amor, lindo, simplesmente não se vai! linda linda poesia. Quando escrevemos sobre o amor, outra voz exala-se do coração! abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ives, é verdade...às vezes ficam, como suave lembrança ou histórias de afeto que se recordam com nostalgia...mas ficam sempre como suporte de nossa alma e que fazem a vida valer a pena.
      Um abraço

      Excluir