Amigos

segunda-feira, 19 de maio de 2014

TEMPO DE DELICADEZA

I- CAIXA DE MÚSICA

Na caixa de música a pequena bailarina
dançando antiga valsa, perpetua
um tempo de delicadeza e graça
Um tempo de sinais,de gestos e de lenços,
olhares oblíquos de outras paisagens...
E o som  da canção, talvez resgate,
lembranças que existiam na alma do artista
quando nela colocou seu sentimento
nos delicados pés da bailarina.
A caixa guardará por muito tempo
o som do antigo amor que o gerou...
e quem  ouvir e ver a graça delicada
sentirá dentro da alma, com certeza,
o sentimento bom que ali ficou.



II- BRINCOS  DE  PRINCESA

Brincos de Princesa...são flores da minha infância
Caindo como cachos  no fundo do quintal
E mais  que sua forma, seu nome, meu encanto
Remetia-me a um mundo de outro tempo
que eu jamais vira ou sonhara,
mas existia no meu sonho de criança.
Assim feliz, colocava as flores nos cabelos
e me tornava a princesa que eu sonhara ser,
apenas pelo encanto de uma flor,
cujo nome, alguém pusera,
por ser de fato brincos de princesa.


Guaraciaba Perides

Nos pés da bailarina e nos brincos de princesa...um tempo de delicadeza...

Fica a valsa como testemunha da bailarina e  da caixinha de nossa imaginação





                                                               

32 comentários:

  1. Oi Guaraciaba,amo tudo isso a caixinha de música com a bailarina dançando e os brincos de princesa.
    Flor mais linda que havia na casa em que eu residia,quantas lembranças!
    bjs e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carmen...ficamos com a música e com a imaginação porque não consegui no you tube uma caixinha do meu gosto (rs)...agora, os brincos de princesa foram realmente um dos meus brinquedos preferidos ...lá por volta dos cinco ou seis anos...muito bom lembrar.
      Um abraço e uma bela semana.

      Excluir
  2. Bela poesia minha amiga.
    Boa semana.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Olá Guaraciaba,

    Interessante que não me lembro dos 'brincos de princesa', mas é uma linda flor, que se assemelha mesmo a um brinco. Muito linda.
    Quanto às caixinhas de música, quantas lembranças doces elas me trazem. Quando mais jovem, cheguei a ganhá-las de pessoas especiais e adorava ficar observando a bailarina bailar ao som de tons musicais inesquecíveis.
    Título perfeito, que se encaixa perfeitamente a esse tempo de delicadeza.
    Tudo lindo. Postagem deliciosa.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vera Lúcia...realmente nunca mas vi essa flor,,,ela dava em cachos e era muito bonita, nós brincávamos para retirar pétalas vermelhas para "grudar " nas unhas para fazer de conta que as unhas eram compridas e pintadas de vermelho (rs)...menininhas vaidosas, As caixinhas de música, eu também as tive e o que me encantava era a bailarina dançando no espelho. Coloquei a música Pour Elise que em geral era a música predileta das caixinhas.Ainda existem muitas para venda , novas e em antiquário.
      Obrigada pelo comentário.
      Um abraço

      Excluir
  4. Boa tarde Guaraciaba!
    Que belos poemas que me fizeram recordar a minha infância povoada de sonhos e de inocência. Obrigada por estes momentos lindos. Recordei também a minha mãe, pois elas sabia tratar das flores(entre muitas outras coisas) e no nosso jardim havia brincos de prncesa de 3 qualidades. Hoje tudo acabou ou pouco resta...apenas os brincos miniatura e que por acaso são dessa cor.A valsa gosto muito e ouço-a no meu carro imensas vezes.
    Um grande abraço de amizade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria Emília...é verdade,os brincos de princesa não são mais comuns nos jardins , atualmente,Era um encanto na minha infância pois ela era bastante viçosa e muito florida.Agora, a caixinha de música já foi mais tarde, talvez na adolescência e a valsa Pour Èlise era muito usada para a dança da bailarina, um presente delicado para as mocinhas da época. .Que saudade !
      Um abraço e obrigada.

      Excluir
  5. Minha amiga querida, me transportaste ao passado: quando fizemos 25 anos de casamento, ganhei a segunda caixinha de música do meu marido.A primeira me deu quando namorávamos e eu tinha 25 anos.POis bem, nelas havia a bailarina, que dançava ao som da Valsa do Imperador. A 1ª deixou de funcionar, mas a segunda ainda baila e me emociona... Foi tão bom ler teu poema. Obrigada. abç carinhoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lia... há muitas lembranças que restam eternas em nossos corações. Sorte sua que ainda tem uma funcionando...abre a caixinha e volta o sentimento bom e recria o passado na memória.
      Um abraço

      Excluir
  6. Adorei a caixinha de música.
    Adorei os brincos de princesa.

    Somos bailarinas e princesas no nosso jeito moderno de ser.
    E no nosso jeito moderno de ser, somos também rainhas.

    abraço

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lola...desde pequeninas ! (rs)
    Obrigada pelo comentário.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Um abraço bem forte, bem verdadeiro,
    abraço longo, cheio de sentimento.
    Venho deixar meu abraço pelo dia do abraço
    com muito carinho.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  9. Obrigada Evanir, sempre gentil!
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  10. Olá Guaraciaba,
    Quanta beleza! Lindos e delicados os teus poemas, me trazem saudosas lembranças.
    Realmente, um tempo de delicadeza... amei recordar! Obrigada.
    Terno abraço. Luz e paz!

    ResponderExcluir
  11. Ilca, obrigada ...as lembranças de um tempo de inocência sempre despertam o melhor de nós.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  12. Olá, Guaraciaba, bom dia.
    Adorei a Cientista Social. Adoro, gente que gosta de gente.
    E chegamos ao fim de semana. Com saúde, paz espiritual. uns com os seus desejos, outros com as suas manias, e outros sem desejos e sem manias. Mas, o importante, é que atravessamos, mais esse mar de nuances, vivos.
    Que o Criador, tenha sempre compaixão de nós. Precisamos.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, José Maria, cientista social é só um título no caminho das pedras...mas eu me identifico como professora de história, profissão na qual atuei por longos anos...e de fato a história da humanidade me atrai e no seu contexto a eterna busca da espiritualidade em meio às agruras da guerra..."quantas guerras terei que vencer por um pouco de paz".Por isso em geral , procuro, sempre postar poemas ou músicas que fazem o relevo positivo da vida e do ser humano,
      Um abraço

      Excluir
  13. Querida que a bailarina continue dançando
    na caixinha de musica e os brinco de princesa
    tbém me trás recordações, acho uma graça essa
    flor tão bonita
    Bom final de semana

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rita...que menina não gosta da bailarina dançando na caixa de música?...é um clássico (rs)
      E o brinco de princesa é uma flor mais difícil de achar atualmente, mas de fato, pelo nome e pela graça ficou na saudade.
      Um abraço e obrigada.

      Excluir
  14. Oi amiga!
    Que o teu domingo seja regado de bênçãos!
    Um beijo e meu carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ilca, obrigada pela bondade se seu coração.Que as bençãos de Deus se estendam por todos nós.
      Um abraço

      Excluir
  15. São tão raras, as delicadezas! Entanto, são as pequenas coisas, os gestos sutis que nos encantam, nos cativam, alimentam a vida com o bem...Vir aqui, é encontrar um lenitivo que nos afasta do lado oposto. Adoro, caixinha de música. Ainda tenho uma que meu filho ganhou de presente do pai, que tem, no lugar da bailarina, um palhaço que dança...E que bom foi ouvir Pur Elise, que meu filho tocou - primeira e última vez - num festival de escola, quando tinha 8 aninhos..Delicadezas especiais que vieram à tona, porque aqui vim...Obrigada!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Lúcia...o que me encanta na vida são as preciosidades do encontro... lembranças que eu pensava minhas ecoam por todos os cantos e a saudade é um sentimento compartilhado e de repente em todos os cantos a memória que fica testemunhando sentimentos despertados por uma flor ou por um mimo.A caixinha de música com um palhacinho deve ser maravilhosa (nunca vi...tenho visto com carrossel) e a música tocada por um filho
    aos oito anos deve ser o céu!
    Que bom!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  17. Quando criança, vi muitos pés de Brinco de Princesa, com suas flores tão suaves...E a caixinha de música, como eu sonhava ao olhar para ela...
    Belas lembranças, Guaraciaba.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Oi, Shirley...é muito bom compartilhar lembranças...nunca imaginei que o brinco de princesa fosse tão conhecido e me surpreendi...interessante que parece que saiu de moda (rs) ...nunca mais vi mas ficou como uma lembrança gostosa. agora, a bailarina é um sonho principalmente com músicas tão lindas...eu possuía uma mas acabou quebrando. e ficou só na saudade (rs)
    Um abraço

    ResponderExcluir
  19. Guaraciaba,
    Duas delicadezas que me fizeram recordar os tempos da infância quando, após atravessar alguns continentes, vinha beber o ar do país que me viu nascer. Ao fundo do quintal da vizinha São (que nunca teve outro nome para mim), havia aqueles delicados cachos de Brincos de Princesa que também me faziam sonhar em tempos passados e desconhecidos.
    Versos lindos e tão delicados como as lembranças a que nos levam!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  20. Oi, Dulce... a infância nos deixa para sempre marcas profundas e se forem boas ficam como registro de uma visão otimista da vida...carregamos a infância por toda nossa história , Um brinquedo que nos alegrou fica plasmado em nossa alma como um filme que não se perde nunca.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  21. oi Guaraciaba acordei cedinho hoje, e quis logo visitar o blog, sabia que ia encontrar uma postagem linda e sempre emocionante.
    Quantas recordações impregnadas na caixinha de música, num tempo melhor, onde tínhamos tempo de sonhar e apreciar a canção.Linda, poesia suave e doce.
    Os Brincos da Parincesa, eu não os conhecia, mas este ano fui na casa de uma amiga que comercializa plantas e ela me apresentou. e eu fiquei encantada, /Muito delicada esta plantinha me fez sonhar também. Um nome muito apropriado pois é supér delicada e bonita.Tudo aqui é pleno em delicadesa e suavidade. Adoro vir .
    Um grande abraço. Obrigagada pela presença de seus comentários, lá em meu espaço.

    ResponderExcluir
  22. Oi, Lourdinha...obrigada, os brincos de princesa remontam-me a uma época que eu era bem pequena,uns cinco anos ou seis anos talvez, e brincávamos muito com essa flor, enfeitando o cabelo e fazendo unhas de suas pétalas.Realmente um tempo de inocência muito bom de se lembrar....
    Um abraço

    ResponderExcluir
  23. Hoje é um dia que.....

    Elogio de espaço tão bonito
    Parabenizo por todo post sensacional
    E agradeço mais uma vez sua amizade

    A verdadeira coragem é ir atrás de seus sonhos,
    mesmo quando todos dizem que ele é impossível!...

    __________ Cora Coralina

    Bjussss

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  24. Oi, Rita, obrigada...realmente este é um espaço que amo e é motivo de meu prazer, principalmente pelos amigos que com alegria e amizade criam espaços de interação tão agradáveis,
    um abraço e bençãos de Deus.

    ResponderExcluir