Amigos

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

O MUNDO DOS SIMPLES...

São modos de ver a vida
e sonhar com ela
nos desejos da alma.
Com o gosto dos sentidos,
desde a mais simples flor
que nasce em qualquer lugar
com a beleza singela
das coisas puras da Terra
aos deslumbrantes espasmos
das forças da natureza...
Gotas de orvalho sobre
folhas tenras e
uma rosa vermelha
aberta no jardim...
O céu se colore aos poucos
em rosa e azul raiados de
amarelo...são toques do
sol nascente...
O mar ronronando ondas
como um gato satisfeito
que  acaba de acordar.
Na mata ao lado
macaquinhos gritam
fazendo alvoroço,
a grama está molhada
sob os pés descalços
e lá de dentro vem
o cheiro forte
do café coado...
Meninos passam alegres
correndo e chutando pedras.
Passa alguém de bicicleta
e acena...
os cachorros correm atrás
fazendo festa...
...............................................................
Eis que a cena perde o colorido
e o que vejo agora
são pessoas enfileiradas
frente a um poste...
São pessoas simples
nas calçadas e estando frio
enroladas em cachecóis.
Chega o ônibus e já vem cheio...
mas tem que ser, senão atrasa...
Mais um dia de trabalho na cidade,
nas ruas, nas fábricas, nas lojas,
nas escolas, nos hospitais.
Em todos os lugares
pessoas entram e saem,
algumas alegres,
outras pensativas,
em gestos automáticos
organizam a rotina do dia.
Palavras soltas no ar...
Nos pátios das escolas
as crianças pelos cantos
aquecem os seus segredos
e os mais novos em
gritos desvairados correm
felizes pelo simples fato de viver.

Os sinos da igrejas tocam...naquelas
aonde ainda existem sinos...
E o dia  assim começa
Que seja bom, que seja festa!
.........................................................................
E no descanso da tarde
e do sol posto,
na rotina do campo e da cidade,
o cansaço chega aos membros doloridos,
os olhos pedem guarida
como aves que procuram ninhos....
Vamos recolher as nossas tendas
Vamos pedir  paz ao Criador.
Àqueles que podem...descanso...
e aos que ainda continuam em serviços
que não podem nunca parar...coragem.
Também aos jovens que
em escolas noturnas
procuram construir, de algum modo,
um mundo que lhes seja melhor...
Perseverança.
O mundo dos simples,
obreiros da esperança,
construído em planos
facetados no mistério
dos caminhos que se cruzam
e conduzem
os desígnios do Todo
em qualquer parte...


Guaraciaba Perides

No contraponto do Mundo dos Simples...o magnífico "Balada de um louco"
por Ney Matogrosso


25 comentários:

  1. Oi Guaraciaba,como eu amo tudo que fala sobre a natureza
    e o que ela nos oferece.
    E esses versos o fazem delicadamente em cada palavra.
    bjs amiga
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderExcluir
  2. OI, Carmen...obrigada.Atentar para as coisas simples da vida é uma forma de encontrar a paz.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Querida amiga
    Hoje vim para agradecer a sua carinhosa visita ao meu cantinho!
    Muito obrigada!
    Me perdoe a minha ausência e cola e copia, mas estou passando pelo momento que preciso saber o que está acontecendo com minha saúde. Tenho certeza que não é nada serio, mas que preciso cuidar um pouquinho maia de mim. Logo voltarei para ler suas postagens com carinho e atenção que elas merecem.
    Desde já agradeço a sua compreensão e apoio.
    De todo o meu coração eu agradeço!
    Com carinho o meu muito obrigado!
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada , Maria Alice, pela atenção...o importante é que você fique bem para continuar com tranquilidade o seu bonito trabalho do bem.Que Deus lhe abençoe!
      Um abraço

      Excluir
  4. Em todos os tempos, espaço, grandeza e número, encontramos o que é simples na vida no cotidiano, de onde também explode o que é belo. Até mesmo das adversidades nascem,poesia , pintura, teatro, cinema, folclore e tantas outras artes sem esquecer a música, então penso que ser ou estar simples, por opção ou não é o que há.
    .A natureza que você descreveu tão lindamente na rosa, no mar,
    nas folhas no orvalho, nos fez também simples na nossa essência.
    Mais um poema encantador que eu adorei.
    Sua poesia é grandiosa, em sensibilidade conhecimento e beleza.
    Adoro tudo o que você escreve.
    obrigada pelo carinho de sempre.
    bjs
    .

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lourdinha...você entende a realidade palpável da vida em sua essência, mas há pessoas que se perdem em consumo de coisas fúteis e acúmulo de bens sem atentar para beleza que nos é oferecida ou então se transformam em robôs fazendo o seu trabalho sem amor, arrastando-se pela vida...sofrendo por não ter isso ou aquilo .Agora, os artistas muito bem representados pela Balada de um Louco podem fazer da vida um sonho realizado .Obrigada pelo diálogo e também como você penso que os simples herdarão a Terra quando chegar a hora
    Um abraço

    ResponderExcluir

  6. Oi Guaraciaba,
    Voltei para falar sobre a música. Me esqueci de comentar. Adoro, desde os tempos dos mutantes,Era um hino. E até hoje em épocas de festas, no Natal principalmente quando a família se reúne, a gente toca violão canta junto e esta música, entre tantas outras da minha juventude, está sempre na lista. Até meus filhos adotaram o repertório e curtem muito. O que é bom se eterniza, e esta música sempre traz a emoção de volta.
    Obrigada por esta lembrança linda que fez uma bela composição com o seu poema.
    bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lourdinha, também gosto muito desta música pelo que ela representa de contraponto ao mundo que hoje mais do que nunca está focado no ter...pessoas arrogantes pelo poder, pelo sucesso, pelo carro mais caro, pela festa mais balada...enfim um mundo de aparências que não leva e nenhum tipo de felicidade...infelizmente hoje se vê muito em nosso país este desejo de se valorizar pelos bens materiais
      com prejuízo da amizade , do encontro e da partilha de encontros sem interesses materiais.Sinto saudades de um mundo mais real.
      Um abraço

      Excluir
  7. Adorei os quadros que tua poesia pinta,
    ora a visão/desejo da poeta,
    ora a visão/realidade da civilização...
    Lindo demais.
    E o Ney, então...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lola, é o que eu sinto e sinto falta...precisamos redescobrir a simplicidade e fazê-la valorizada....cantar mais, dar mais risada, trocar abraços e ser mais feliz neste nosso mundo tão belo...
      Um abraço

      Excluir
  8. Bom dia de sábado!!!!

    Agradeço sua visita tão carinhosa
    e desejo sempre o melhor pra vc
    tenha um final de semana cheio de alegria com esse post divino, que
    sempre enche nossos olhos de muita
    alegria bjussss

    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rita, obrigada...você que trabalha o lado carinhoso da vida já descobriu o valor da amizade, base de felicidade e alegria....que sejamos todos "loucos" como Ney cantou (rs)
      Um abraço

      Excluir
  9. Você "esgotou" , nos mínimos detalhes o Mundo do Simples. Incluo-me nele principalmente quando, pouco depois do sol nascer, eu já estava num pondo de ônibus para ir para uma escola, na periferia da cidade. Sua cronica é uma poesia, uma pintura que encanta,Guaraciaba. Nela a gente reconhece tudo que tem a vida tem de valoroso. Obrigada, por este quadro que brota na imaginação da gente e se complementa harmoniosamente com a Balada de um Louco, na voz magistral de Ney Matrogrosso. Muito bom demais... rsrr
    Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Voltei, para deixar meu retratinho e pedir desculpas pelas letras e palavras "truncadas e engolidas". Faz parte, do mundo dos simples...Bom final de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lúcia, obrigada...você sabe como eu como é trabalhar em escola...e viver com a mala nas costas, como diziam algumas colegas que já tinham trabalhado em escola rural.Eu trabalhei em escola de periferia de São Paulo a tarde e a noite para alunos adolescentes...apesar da dureza dos tempos, foi um tempo muito gratificante...havia apesar da realidade difícil da comunidade um clima de respeito e amizade entre as pessoas e é um tempo que me dá saudade...também da idade que era bem menos (rs).A presença de palco do Ney nesta interpretação está maravilhosa e esta é uma das músicas que mais gosto.
      Um abraço e feliz semana

      Excluir
  11. Querida Guaraciaba, a vida é assim e não há como mudá-la. Sempre haverá esses contrastes... Beijo e ótima tarde!!!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Shirley...é verdade... em qualquer situação acredito que o escopo principal é a busca de ser feliz e o caminho é sempre uma escolha e os modos de ver e sentir a vida.
    um abraço

    ResponderExcluir
  13. Que maneira linda e delicada de falar sobre o cotidiano, o dia a dia das pessoas que buscam uma melhoria de vida..muito bonito e ainda ao som de Ney Matogrosso!!
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
  14. Obrigada, Sandra...assim vivemos. O importante é reservar no dia a dia um momento para observar a beleza que se revela no detalhe, na natureza, num sorriso ,numa flor e até num bom dia acenado por um amigo, além de sonhar sempre e agradecer muito.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  15. Olá Guaraciaba,

    Esta música do Ney Matogrosso é muito bonita e se encaixe perfeitamente no foco dos seus versos.

    Eu simplesmente adorei a forma como você bordou a simplicidade, que tanto encanta e traz paz ao espírito.
    Sua poesia já inicia traduzindo lindamente a simplicidade: "São modos de ver a vida e sonhar com ela nos desejos da alma".
    Você é brilhante com as palavras, amiga. Parabéns!

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vera, obrigada pelo carinho do comentário...esta música é realmente, ela mesma uma poesia, produzida por sonhadores que o mundo materialista não compreende...mas é verdade, Vera, na natureza encontramos uma sofisticação poética que os simples amantes da vida podem ver...a delicadeza da estrutura de uma flor, rica no detalhe, uma noite maravilhosa de lua cheia. uma aurora e um por de sol... e as imensas possibilidades de nossas aspirações. Uma simples reunião de amigos verdadeiros que cantam uma canção e riem alegremente, já é uma felicidade realizada.
      Um abraço

      Excluir
  16. Nossa querida amiga,você arrasou com este fantástico "Mundo dos simples".Tens um dom de poetar como ninguém,abrangendo sempre realidades da vida do cotidiano com palavras que nos incluem dentro de tuas poesias.A musica escolhida é sensacional,gosto demais de Ney Mt.Estou aqui ,aplaudindo de pé tua brilhante postagem.Meu muitoooo grande abraço.SU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Suzane pelo comentário. A poesia vem direto do coração e representa realmente a necessidade que temos de construir uma realidade mais prazerosa...e os poetas e os artistas entendem no fundo da alma...é para o outro que o artista constrói o seu trabalho e a sua felicidade vem de dentro e cresce na medida que é compreendido. Você não se sente feliz cantando e encantando? É um bem que não tem preço, não é?
      Um abraço

      Excluir
  17. Passando para te desejar uma ótima quarta!!
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Sandra, pela gentileza! Uma semana de alto astral para você ...saúde e paz...e amor.
      Um abraço

      Excluir