Amigos

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Tangendo Sonhos

Sem bússola
ou bola de cristal
Sem visões metafísicas
ou parábolas abstratas
sem mapas astrológicos
ou rotas definitivas
vistas de satélites,
além da esfera azul que me define
como um ser palpável e material
em circunstância material
Sigo o meu caminho...
Sigo o meu caminho, dia a dia,
vendo o que se segue e ao meu lado.
Vou tangendo sonhos,
explicitando liras,
no cotidiano que procuro mágico
e faço dele, página por página,
a minha história.
E já  são tantas...
Mas quero mais...
Cruzando os ares
nas asas do meu pensamento
vou seguindo o rumo
sem perguntar mais nada,
sorvendo com delícia o existir
e o tempo de viver
"o aqui e o agora"

Com Almir  Sater a música "Tocando em  frente"


Guaraciaba Perides    (2011)

15 comentários:

  1. Gosto de compartilhar tudo o que passou
    às vezes feliz pelo que aconteceu,
    às vezes com vontade de gritar por aquilo
    que deixou de acontecer sonhos que
    deixaram de ser realizados.
    É preciso termos muita fé para sentirmos ,
    que nossa luta não será em vão.
    Te agradeço de todo coração
    pela partilha da sua doce amizade.
    Uma noite feliz e abençoada.
    Beijos ,Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Evanir, obrigada por sua presença. Você sabe por experiência própria que a vida exige muita luta, mas o importante é não desanimar, como você também já sabe,
      e procurar usufruir o que ela tem de bom, sempre mantendo a fé viva e sincera na bondade infinita de Deus. Jesus dizia às pessoas após a cura:"A sua fé te curou"
      Um abraço

      Excluir
  2. Ola ,fico pensando como consegues tão bem criar textos poéticos esplendorosos e combina-los com a musica certa?O que selecionas primeiro ,o surgir da poesia ou a busca da musica?Com isto nós que te acompanhamos ,temos a postagem perfeita.Parabéns querida amiga.Beijusss.SU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,Suzane...o texto é feito por inspiração e em primeiro lugar. E ele fica lá quietinho no seu canto.
      O que facilita é que eu sempre gostei muito de música desde criança e acompanhei o repertório de m.p.b. durante todo o tempo, desde as mais antigas ouvidas ainda no rádio, na hora saudade, etc...Agora nos últimos anos, após a aposentadoria , com mais tempo, comecei a pesquisar a história da música popular brasileira, então tenho um repertório bem extenso. Na hora de postar é intuitivo e quando encontro no youtube fico feliz. Desculpe se falei demais...é o meu jeito de ser. Um abraço

      Excluir
  3. Respostas
    1. obrigada, António, pelo incentivo.
      Um abraço

      Excluir
  4. Oi Guaraciba
    Muito lindo! Adorei!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  5. Obrigada ,Luciana, que bom que você gostou.
    Um abraço

    ResponderExcluir

  6. Olá Guaraciaba,

    Lindíssimo este caminhar sem bússolas, tecendo sonhos, mas vivendo a intensidade do 'aqui e o agora'.
    Gostei de ouvir a música do Almir Sater. Algumas músicas fogem ao nosso
    contato e é sempre delicioso ter a oportunidade de ouvi-las em blogs amigos.

    Parabéns pela linda e inspirada poesia.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Vera Lúcia...só depois da aposentadoria (rs)...Agora, O Almir Sater

    canta maravilhosamente e faz um tipo bem romântico, não é?
    Um abraço e obrigada.

    ResponderExcluir
  8. Sincronia perfeita, entre o seu (lindo!) Tangendo Sonhos com o (também lindo) Tocando em Frente. Não preciso dizer mais nada, depois de ler o poema e ouvir a canção. Apenas, saio e fico a refletir, nessa chuvosa manhã de domingo (chovendo, sim!)aqui sentada na minha aconchegante Cadeirinha...
    Obrigada, Guaraciaba, proveitosa semana...Meu abraço.

    ResponderExcluir
  9. Oi, lúcia...hoje o tempo colaborou fazendo cenário para o texto e a beleza melancólica
    da música de Renato Teixeira e Almir Sater, Aqui em São Paulo tempo chuvoso e frio.Mas como diz o texto sempre se pode fazer um café e uma torta de maçã ou um bolo e usufruir do aqui e agora.Um grande abraço

    ResponderExcluir
  10. Lindo demais, Guaraciaba. A música então...Beijos e muita luz!

    ResponderExcluir
  11. "...sorvendo com delícia o existir..."
    É bem assim, ou teria que ser bem assim.
    O quanto deixarmos de "sorver com delícia",
    por falta de tempo
    por falta de espaço
    por falta de vontade
    por falta de tudo.
    Um grande abraço amiga
    e boas delícias sorvidas...

    ResponderExcluir
  12. Lindo minha amiga.E é mesmo assim. Somente o dia de hoje nos pertence e temos que vivê-lo com qualidade, usufruindo o melhor possível dessas gotinhas diárias de vida.
    bjs.

    ResponderExcluir