Amigos

quarta-feira, 4 de julho de 2018

FINOS PRAZERES

No cotidiano de uma vida simples
podemos encontrar finos prazeres:
-levantar junto com o sol
e ouvir os pássaros festejando o dia.
-O cheiro do café sendo coado
e um pão de milho com manteiga.
-Um dia de sol pela janela convidando
todos à vida plena.
-Pegar a vara, o anzol, a isca e os apetrechos
e partir para uma pescaria.
-Levar no embornal algumas frutas
para  saciar a fome  quando houver.
-Preparar a isca no anzol, lançar a linha,
sentado  à beira de um rio,cujas águas
saltitam alegres pelas pedras.
-Observar placidamente o tempo a
correr ou simplesmente parar ,como quiser.
-Deixar  os pensamentos vagarem sem destino.
Olhar o céu e conversar com as nuvens,
pensar em Deus e em sua Criação.
O tempo passa, o sol a pino, recolhe
os peixes e volta em paz.
De bem com a vida e
em sendo pouco,
tem-se o que basta para ser feliz...
Mas, ainda há mais:
-Felicidade no quintal florido em
flores do campo que vingaram.
-Arroz, feijão, feitos de pronto,
uma salada  da horta e alguma fruta...
um pedaço de carne saborosa
cozida lentamente no fogão.
-Um doce  de compota, marmelada,
e para quem gosta,um cachimbo de fumo preparado.
O  homem olha o céu observando:
-Mulher, prepara a noite,
que hoje é lua cheia!

Guaraciaba  Perides



a música Raízes de Renato Teixeira  e Pena ;branca e Xavantinho




Nos caminhos mais simples...a paz!

7 comentários:

  1. Adorei estar aqui...
    Espero sua visita em meu blog também e se gostar siga, já estou seguindo o seu.


    Beijos
    Ani

    https://cristalssp.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada...já fui.vi, li e gostei.Irei sempre!
      Um abraço

      Excluir
  2. Passando para desejar uma linda semana.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  3. Olá, Guaraciaba, lendo esse teu belíssimo poema, com o vagar que se faz necessário, vê-se que dele tiramos uma bela lição de vida. Parabéns, minha amiga.
    Um bom fim de semana.
    Abraço
    Pedro

    ResponderExcluir
  4. Obrigada Pedro...as memórias mais felizes são assim, momentos de paz.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  5. Essa paz ainda existe eu sei bem.-"Felicidade no quintal florido em
    flores do campo que vingaram" Um poema! dentro de outro belíssimo poema. Essas passagens entre paisagens dos seus escritos reciclam e filtram a vida. Que belíssima composição. Parabéns querida amiga.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lourdinha, obrigada!a felicidade é feita de pequenas coisas e momentos e não precisa estar atrelada à riqueza porque é um estado de espírito que fica na memória. se a gente olhar para trás vamos ver que os momentos felizes são momentos de paz, amor e amizade e sempre envolvem pessoas queridas ou belezas da natureza.
    Um abraço

    ResponderExcluir