Amigos

quinta-feira, 12 de maio de 2016

MEMÓRIAS DAS NOITES DE MAIO

NOITES   DE   MAIO
Céu estrelado 
e a noite fria
Os olhos mansos
buscam um tempo
de horas antigas...
A luz de maio,
dos lírios brancos,
brancos altares,
puras crianças,
das orações e 
dos belos cantos...
Pelas calçadas e
pelas esquinas,
conversas amenas
relembram fatos
do cotidiano.
Apontam a lua que ilumina
de prata e luz...
O grande jardim, de flores belas, constrói o cenário
aos namorados,
que sonham amores
em seus perfumes,
doces mocinhas, jovens galantes...
"A vida  passa como num sonho"
murmuram velhos com voz cansada,
crianças brincam, os jovens sonham
e os velhos pontuam que no seu tempo
era melhor!


Imagem de flor de acácia

O mês de maio de minha lembrança
Esvai-se no tempo
e eu  era criança.
Ainda escuto
A voz do sino
que anunciava 
a hora da reza.
Era no tempo do azul profundo,
do céu estrelado...
perfumes de acácia.
Havia um brilho de esperança
e a vida toda estava   em frente
Risos brotavam em cantos breves...
No coração  de uma menina,
a roda girava 
e a lua brilhava 
em ciranda de luz...
Tudo era um sonho na noite fria
do mês de maio...
Ficou na lembrança
e eu era criança.

Guaraciaba Perides



A música  " Mês de Maio "  com Almir Sater


Os lírios do vale completam  minha homenagem a um mês tão lindo; dia das Mães e dia da Mãe de todas as mães e de todos nós...Nossa Senhora!




12 comentários:

  1. Tão bonito minha linda amiga que
    a gente sente-se dentro dos versos
    Adorei

    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,Rita.obrigada. algumas vivências dos maios antigos, das crianças de minha época que durante o mês de maio nos preparávamos para as festas da Igreja,da celebração da festa de Nossa Senhora e como fazia frio naquela época (rs) e como a gente se divertia no adro da Igreja.
      Um abraço. Paz e Bem!

      Excluir
  2. Guaraciaba,você nos deixa retornar ao passado das lindas flores de maio,dos encantos dos casamentos e das festas.
    Principalmente essas brancas Acácias de uma pureza inigualável
    Bjs e um lindo final de semana
    Carmen Lúcia..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carmen, é verdade...mesmo vivendo em São Paulo, vivíamos a simplicidade e a beleza da vida e nossa infância de saudosa memória era recheada pelas atividades de "paróquia", brincadeiras de roda, cantigas e a expectativa das procissões com anjinhos e anjinhas vestidas de branco , rosa ou azul para os mais novos e os mais velhos, o teatro contando os milagres dos santos...
      Um abraço , Paz e Bem!

      Excluir
  3. Os versos, as flores, a música de Almir Sater... tudo tão lindo!

    Bela e perfeita homenagem, Guaraciaba. ♥ beijos/!

    ResponderExcluir
  4. OI, Rosa, obrigada.. lembranças boas que não perderam o sabor e de vez em quando voltam para nos visitar.
    um abraço e uma linda semana!

    ResponderExcluir
  5. Um post de celebração à vida e... saudade, muita saudade.
    Belo, Guaraciaba!

    Um beijinho :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi. A.C. parece que as nossas primeiras lembranças embora na época fossem simples e naturais permanecem em nossa alma como uma grande riqueza...
      Um abraço, Paz e Bem!

      Excluir
  6. Ótimo final de domingo!!!!!!!!!!!!!! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gigi...um abraço e uma boa semana.
      Paz e Bem"

      Excluir
  7. O cotidiano passado em ritmo de poesia, amei! abração

    ResponderExcluir