Amigos

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

O SAL DA SAUDADE

Longe um do outro
Isto era certo
E não sabíamos...
Você tão distante de mim
Era apenas uma imagem
que se esfumaçava em sonho
E eu era apenas um coração ausente
de um amor sentido.
E na distância entre o sonho
e o coração...o fio do destino.

Em sendo assim...tem sido
Tem sido sempre assim
a sua ausência...
Tem sido sempre assim
o anseio louco
que desespera por saber
ser sonho...
Um sonho de cristal que despedaça
ao menor esbarrar da realidade,
ao menor movimento de um relógio
que marca o minuto da saudade...

Perdidos no tempo e no espaço
Um fio de luz que corre do
meu pensamento...
Tão distante quanto
Tão possível quando
Tão perdido tempo
Tão longínquo espaço
Sempre no fio de luz
que escorre do
meu pensamento...
Há um brilho na luz
da lágrima que cai
Há o sal da saudade
no tempero do mar
de distância infinita
que  teima em ondas brandas
bater na praia do meu coração vazio...

Guaraciaba Perides





Alinda música de Carlos Gomes... cantada por Nei Matogrosso


" As rosas não falam...simplesmente exalam /  o perfume  que roubam de ti"  (Cartola)

26 comentários:

  1. Guaraciaba, você tem uma alma tão musical...!

    Um beijinho :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, A.C....é verdade , para mim tudo se transforma em alguma canção e isso ocorre desde criança.
      Um abraço

      Excluir
  2. Um coração vazio,repleto de saudades.
    Muito lindo Guaraciaba.
    Adorei.
    Bjs e um ótimo domingo.

    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carmen, ao longo da vida vamos enchendo nosso baú de lembranças e é justo que essas acabam se transformando em saudades.
      Um abraço

      Excluir
  3. Olá, Guaraciaba.
    Começo pela canção do Cartola, que me invade ainda os ouvidos e a emoção na voz da Beth Carvalho: simplesmente linda. Ainda sei a letra de cor.
    Quanto à saudade, ah... essa famigerada que nos devora o coração, nos deixando "perdidos no tempo e no espaço".
    Belo.
    bom domingo,
    bjn amg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carmem, é verdade, "As Rosas não Falam " de Cartola é uma das mais lindas canções do nosso cancioneiro...e a Carlos Gomes , uma modinha do século XIX, era uma das preferidas da minha mãe...as escolhas foram intuitivas mas tem tudo a ver com saudade...
      obrigada pelo comentário .
      Um abraço

      Excluir
  4. É necessário muita sensibilidade, para falar assim... de saudade... e compor esse quadro tão belo, com poesia musicada...Você tem, Guarciaba, e como !...com maestria! Muito lindo!
    Bom domingo, meu abraço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lúcia, no decorrer de nossa vida a gente vai acumulando lembranças e por conseguinte a saudade bate forte...o cenário vai mudando como que num palco mas dentro do coração ficam marcadas as vivências e os afetos e no minuto da saudade restam as lágrimas salgadas como as ondas do mar...
      obrigada pelo comentário .
      Um abraço amigo.

      Excluir
  5. Com o tempo começamos a sentir saudades de todos amigos ,
    que passaram em nossas vidas e que ainda permanece.
    Estou dando uma volta num passado não muito distante
    espero que goste dessa fase de recordar é viver.
    Uma abençoada semana que Deus lhe abençoe sempre
    e sempre.
    Beijos no coração.
    Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Evanir...é verdade...quantas pessoas viveram conosco por um tempo, compartilhamos sonhos e fizemos confidências. Depois a vida se encarrega do afastamento e cada um vai por um caminho. Os que estão próximos permanecem, outros simplesmente tomam rumos desconhecidos,alguns definitivos. Mas no afeto ou na amizade sincera permanece a saudade marcando ponto em nossa história. ficamos ricos de nossas lembranças
      Um abraço...Deus lhe abençoe!

      Excluir
  6. Dois corações unidos por um fio de luz...
    Poema muito lindo e comovente, Guaraciaba.
    Beijos!
    Paz Profunda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Shirley...um poema com tom de desabafo...às vezes acontece, (rs)
      Obrigada pelo comentário e sempre Paz Profunda!

      Excluir
  7. Lindo, lindo!
    Copiando um pedacinho:

    Um sonho de cristal que despedaça
    ao menor esbarrar da realidade,
    ao menor movimento de um relógio
    que marca o minuto da saudade...

    Maravilha \ poesia!
    Poesia \ maravilha!

    abraço, querida Guaraciaba!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lola...que bom que você gostou! Obrigada!
    Um abraço, Paz e Amor!

    ResponderExcluir
  9. A saudade pode matar.
    Temos de lhe ser superiores.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, `Pérola...é verdade...muitos casos antigos contam essas histórias. Romances foram escritos. Mas quando se expande o amor ele passa a ser sublimado.
      Um abraço, Paz e Amor

      Excluir
  10. OI GUARACIABA!
    NOSSA AMIGA, QUE COISA MAIS LINDA, INSPIRAÇÃO MARAVILHOSA.
    ABRÇS
    -http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Zilani,obrigada pelo comentário.
      Um abraço, Paz e Amor sempre!

      Excluir
  11. Que bela e emocionante inspiração, Guaraciaba. Uma riqueza...E como a saudade dói!
    Gostei demais desta bela recordação.
    Abração!
    Mariangela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mariangela, obrigada pelas palavras...é verdade...a saudade às vezes dolorida é também uma grande riqueza.
      Um abraço.

      Excluir
  12. O brilho da luz torna suportável a saudade! abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ives...é verdade o fio de luz do amor que une as pessoas torna suportável e desejável o lembrar.
      Um abraçp

      Excluir
    2. A vida parece tão frágil...dentro dela, os sentimentos são tênues teias de seda tão fina, que um problema maior parece despedaçá-los. Mas dentro de toda esta fragilidade, o amor é um fio de ouro, indestrutível, mesmo alongado pela distância e colocado na forja da saudade.
      Desejamos um fim de semana cheio de paz!

      Beijo
      Bíndi e Ghost

      Excluir
    3. Oi, Ghost e Bindi...é isso , excelente percepção e lindo comentário, obrigada.
      Um abraço , paz e Amor!

      Excluir
  13. A saudade as vezes é o tempero de um grande amor, e o mantém vivo, mesmo distante. LINDO!!!!. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lourdinha, a saudade é sempre a renovação espiritual dos sentimentos. Um abraço pleno de amizade

      Excluir