Amigos

domingo, 29 de junho de 2014

DE OLHOS E OLHARES

I-   Desculpe, foi sem querer, eu juro...

Nossos olhos se cruzaram
Na tarde de primavera
Desculpe, foi sem querer, eu juro...
Seu olhar parou no meu
Nossas almas se tocaram
O mundo parou lá fora
Desculpe, foi sem querer, eu juro..
Nossas mãos se entrelaçaram
Você sorriu, eu sorri;
Depois, foi só desencanto,
Sem passado, nem futuro
Somente um gesto de adeus.
Desculpe, foi sem querer, eu juro...

.......................................................................
II- Não olhe  agora!

Não olhe agora, posso chorar
E preciso  manter a dignidade vertical
dos vencidos...
Depois, em  outros caminhos.
em outros olhares,
posso até sorrir...

.......................................................................

III- Olhos na tarde

Há sempre um olhar na primavera
Na tarde que se esvai em outro tempo
Há sempre um olhar que é para sempre
Certeza de uma alma num momento

E nos olhos da tarde, sol ardente
O céu em que se espelha é mais azul
E na paisagem como se desdobra
Em planos facetados de diamantes

Teria sido apenas fantasia
Teria sido apenas a alegria
da vida em uma tarde plena?

Ou o eterno presente que inicia
o girar de novas primaveras.
Olhos na tarde...novas histórias.

Guaraciaba Perides



"Pela luz dos olhos teus"-   VINICIUS, TOM  JOBIM, MIUCHA
                                       
                                       São flores e versos de amor...
Ilumina a minha alma
Com o sol do seu sorriso
ilumina a minha vida
Com a luz de seu olhar..
                                     

24 comentários:

  1. Guaraciaba, amamos com "a certeza de uma alma num momento" e como os sonhos geralmente são fugazes, precisamos em seguida, "manter a dignidade vertical dos vencidos"...
    Amei! Um verso mais lindo do que o outro.
    Boa noite, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 0I, Shirley...o ,bom da vida é que ela se recicla em novos olhares, novas primaveras e novas histórias
      Obrigada pelo comentário.
      Um abraço

      Excluir
  2. Bom dia Guaraciaba, sempre nos saudando com lindos versos!
    Devemos mesmo manter a dignidade sempre, e sem jamais perder as esperanças.
    E esperar pela nova primavera!
    Amei... beijos!!
    Mariangela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mariangela...é verdade...há momentos assim, mas o de repente ...tudo pode acontecer.Sem desmerecer o encanto que se viveu mas estar disponível para novas primaveras...o mundo é lindo assim.
      Um abraço

      Excluir
  3. Olhares falam tudo amiga Guaraciaba.
    Ternos e meigos como esses seus doces poemas.
    bjs amiga
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carmen, obrigada pelo comentário...Quer felicidade maior do que ter na vida um olhar que é para sempre?
      Um abraço

      Excluir
  4. Oi Guaraciaba eu tb fiz poesia sobre olhos, vou postar qqer hora no blog. Muito linda a que fizeste. bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lia, olhos e olhares são nossas lembranças mais gostosas dos tempos de juventude...lembra-se do "tirar linha"? (rs) , que depois virou paquera e depois sei lá o que virou (rs)
      Aguardo seu poema.
      Um abraço

      Excluir
  5. Belíssimos olhares, na sua composição. Na composição dos inícios, dos fins e no agora. E na perspectiva de se tornarem eternos.
    Amei.
    °

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lourdinha...olhos e olhares são temas bem poéticos e não há quem não tenha vivido a maravilhosa experiência...e como disse Chico Buarque a respeito do amor, "mesmo que não dê em nada vale um blues"((rs)
      Um abraço

      Excluir
  6. Há sempre um olhar que é para sempre. Suas construções poéticas me inspiram no meu conto! abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ives, olhares guardados na lembrança são de fato para sempre e de fato existem para guardá-los em beleza...que bom que inspira o seu conto...torço pelos meninos sem nenhum feitor para atrapalhar (rs). Olha a responsabilidade do criador sobre a criatura!
      Um abraço

      Excluir
  7. Oi Guaraciaba,
    Quem resiste a essa troca de olhares?
    Há olhares que marcam, deixam lembranças, saudades...
    Lindos teus versos e essa música diz tudo, amo!
    Beijo e obrigada sempre pela presença e o carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ilca...sempre bom receber sua visita...o bom de ver o tempo passar é guardar na memória as experiências boas da vida e usá-las com resgate de novas e boas vivências.Gosto muito do seu projeto de vida...
      Um abraço

      Excluir
  8. "Desculpe, foi sem querer, eu juro...
    ...e o mundo parou lá fora".
    Que maravilha!!!!
    E que muitos destes motivos ainda façam
    "o mundo parar lá fora".

    ... eu muitas vezes já fiz este mundo parar lá fora.
    he he he, poderosa eu, não????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lola...que bom ter por um tempo um momento só nosso mas compartilhado e com o mundo parado lá fora (rs)...voltar para casa , chovendo, e nem perceber vivendo como que encantada em outra realidade paralela. Que nem Fred Astaire em" dançando na chuva". O bom de tudo que é tudo verdade e pode acontecer muitas vêzes.
      Um abraço

      Excluir
  9. Oi Guaraciaba,bom dia!
    Obrigada pela visita e comentário em meu espaço.
    bjs amiga.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. oi, Carmen...sempre juntos nos sonhos vamos construir um mundo melhor.Obrigada.
      Um abraço

      Excluir
  10. OI GUARACIABA!
    UM OLHAR DE PRIMAVERA, NOS CONDUZ A NOVOS MOMENTOS, NOVAS HISTÓRIAS, ENFIM, FAZER PARAR O MUNDO LÁ FORA, PARA DAR PASSAGEM A NOSSOS SONHOS.
    MUITO BONITO AMIGA.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Zilani, obrigada pela presença e pelo comentário...o eterno retorno em novas histórias e em novas primaveras mas os mesmos sonhos conosco ou outros personagens do mesmo mundo.
      Um abraço

      Excluir
  11. Mais que uma mão estendida
    mais que um belo sorriso
    mais do que a alegria de dividir
    mais do que sonhar os mesmos sonhos
    ou doer as mesmas dores
    muito mais do que o silêncio que fala
    ou da voz que cala, para ouvir
    é, a amizade, o alimento
    que nos sacia a alma
    e nos é ofertado por alguém
    que crê em nós.
    Sua amizade e carinho mesmo
    que você não acredite me faz um bem
    enorme.
    Deus abençoe seu final de semana
    deixo aqui meu carinho e todo sentimento ,
    mais puro que trago na alma.
    Beijos no seu lindo coração.
    Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Evanir, sempre é necessário acreditar e é na fé que encontramos as soluções...mesmo que em silêncio, vibrações positivas estão agindo em nosso favor ...
      Boas vibrações de paz e amor.
      Uma abraço

      Excluir
  12. Há seres que, para lá do óbvio, deixam sempre um sinal em tudo o que fazem...
    Você deixa-me a pensar, Guaraciaba!

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  13. Oi., A. C.... a vida é singular e plural ao mesmo tempo.
    Um abraço

    ResponderExcluir