Amigos

domingo, 4 de maio de 2014

Mítica número 01

Deus tinha um colar de infinitas contas
e em um momento rompeu-se o fio
que o sustentava...
E foi criado o Universo.
Num gesto da magia o DEUS- MENINO
transformou o fato num brinquedo
Sustentando no éter o movimento
em coordenadas temporais
fez surgir estrelas e infinitos mundos
em espaços siderais...
Alegre se admira de sua criação !
E um dia fará com mesmo empenho
voltar as infinitas contas ao fio condutor
e num colar de contas voltaremos
a adornar o colo do SENHOR!

Guaraciaba Perides


Poema cósmico- Imagem retirada da Internet


Tempo  e Espaço de Paulo Vanzolini



"IMPELIDOS PELA FORÇA DO AMOR
OS FRAGMENTOS DO MUNDO
BUSCAM-SE UM AO OUTRO
PARA QUE O MUNDO POSSA VIR A EXISTIR"   (Teilhard  de Chardin)

22 comentários:

  1. Que todos tenhamos um dia de domingo bom. Com muito sol, paz e harmonia.
    Que o Criador, não esqueça jamais, das nossas lutas, mesmo aquelas individuais, e nos contemple com a sua piedade divina, e sobre tudo o seu perdão.
    Que a família continue sendo Sempre, o acolhimento de cada um de nós.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Oi, José Maria, partilhando a alegria da existência, nós que somos matéria e espírito: que temos a felicidade de embora sermos partículas de estrelas temos o milagre da consciência .de partícipes da criação.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Gostei demais deste teu colar de Deus.
    E adorei a perspectiva de um dia
    voltarmos a adornar o colo de Deus.
    Lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lola, que bom falar com você! ...não é confortadora a idéia de um dia estarmos todos juntos no colo de Deus? .
      Um abraço

      Excluir
  4. Olá Guaraciaba!
    Espero bem que Deus volte à terra e dê um jeito nisto...pois o bicho homem está a dar cabo de tudo até dos homens seus irmãos mas mais fracos. A ganância e a sede do poder são cada vez em maior grau. Boa semana, amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria Emília...a história da humanidade é sempre a mesma...muda o contexto mas não muda o texto, o caldeirão de insensibilidade ferve e o refino é muito lento...mas se aqui estamos a causa deve valer a pena.
      Um abraço

      Excluir
  5. Que lindo, Guaraciaba. Sim, um dia chegaremos "lá".
    Beijo, boa semana, paz profunda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Shirley...a caminhada deve valer a pena pelo alcance da meta!
      Um abraço e muita luz no caminho

      Excluir
  6. Lindo Guaraciaba,tomara que possamos voltar ao colo do nosso Deus,
    mas para isso precisamos ter o discernimento em saber como estamos nos comportando
    com os ensinamentos que ELE nos deixou.
    bjs amiga
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI, Carmen...é verdade. Mas se Dele viemos para Ele devemos voltar. Quanto tempo levaremos, nós como humanidade e as estrelas do universo, isso não sabemos.
      Um abraço

      Excluir
  7. Lindo , lindo Guaraciaba...Nossa que sensibilidade no mundo das letras, e que domínio nos caminhos do Criador...
    Carinhoso abraço e continue me estimulando a postar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lia...é só um exercício de Fé, pois não podemos conhecer de fato os caminhos de Deus, só confiar, isso sim!
      Enquanto isso, conheço uma pessoa que vive o presente com prazer e acho admirável o seu dinamismo:você.
      Um abraço

      Excluir
  8. Que poesia fenomenal, de quem tem um conhecimento muito amplo: éter, estrelas e o movimento divino! abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ives, obrigada. Enquanto não conhecemos a realidade não custa sonhar com elas...e por que não?
      Um abraço

      Excluir
  9. Nos fragmentos que couberam à ti, Deus colocou sensibilidade no mais alto nível, entendimento, suavidade, onde a poesia fez morada. Parabéns Guaraciaba. É o desejo de todos nós voltarmos serenamente ao colo de Deus.F
    Um belíssimo poema. Me emocionou muito.
    bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lourdinha...que bom que você gostou... quando escrevi pensei na questão da criação das estrelas e dos planetas do Universo...depois percebi que o que se passa em termos da matéria pode bem ser levado em termos espirituais e nós como os astros podemos compor o colar de Deus .
      um abraço

      Excluir
  10. OI GUARACIABA!
    MAS, AO SE REAGRUPAREM AS CONTAS AO FIO CONDUTOR, EM UMA DELAS ESTARÁ ESCRITO ESTE POEMA, POIS, ELE VEIO DO ALTO AMIGA E TU COM TUA SENSIBILIDADE DE POETA O CAPTASTE.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI, Zilani, que assim seja, pois a ideia me agradou bastante principalmente da alegria do Deus Menino.
      Obrigada.
      Um abraço

      Excluir
  11. Oi Guaraciaba,obrigada pela visita e um Feliz dia das Mães
    à você também.
    bjs amiga.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi, Carmen...grata pela gentileza.
      um abraço

      Excluir
  12. Olá Guaraciaba,

    Tive que me limitar a ver as imagens do vídeo, pois o som não saiu aqui. Estranho que acabei de vir de um blog com música e o som estava funcionando.
    Linda essa imagem (Poema cósmico).
    Seu poema é fantástico. Você sempre consegue me impressionar com suas belas inspirações. Esse colar de Deus sobre o qual você desenvolveu o poema foi fabuloso. Parabéns!

    Um feliz Dia das Mães. Que seja de muito amor!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Vera Lúcia...que pena que você não ouviu...é um samba de Vanzolini que aproxima a idéia do encontro entre pessoas que se amam na contingência do espaço e tempo, ou seja de encontro e de desencontros. completaria em nível humano a ideia do criação do universo do mito e a possibilidade unir o Um ao Todo através do amor...
    Já é quase meia noite e é a hora que eu penso melhor (rs)

    Um abraço e um domingo de muitas bençãos.

    ResponderExcluir