Amigos

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Fantasia

Inserida em um quadro uma paisagem
e nela um campo de centeio,
o vento que move as folhas da seara
é o mesmo que brinca em teus cabelos.
Olho nos teus olhos e minha imagem
reflete dentro deles e me sorri;
pego em tuas mãos e juntos penetramos
nas tintas ainda frescas do pincel.
Por entre matizes de diversas cores
somos o azul e o amarelo que se esfumam
por dentro da pintura que recria
a realidade natural do sonho.
E de repente, a dançar me vejo
rodopiando contigo na paisagem...
É o nosso amor que se transpõe no espaço,
dá colorido novo ao campo de centeio
e na delirante fantasia que componho
somos felizes como nunca fomos.

guaraciaba(2001)

Nenhum comentário:

Postar um comentário